17 de ago de 2010

Resumo da semana de 09/08 à 15/08

A semana começou tranquila, sem movimento de resgates ou atendimentos, mas com várias contas para pagar.
A conta da clínica referente ao atendimento da "Caixinha" (lembram? aquela ictérica com suspeita de hepatite ou leptospirose) me foi apresentada, e ficou em R$ 165,00. Precisamos de padrinhos e/ou madrinhas. Quem se habilita a ajudar? Pode ser qualquer valor, qualquer coisa já ajuda.

Infelizmente a calma aparente se revelou numa tempestade.
Logo na terça feira (10/08) fomos atender um cão de uma pessoa pobre (é sempre assim),  com uma bicheira enorme no pescoço.
Conseguimos tirar algumas fotos com o celular da veterinária (portanto, desculpe a qualidade das mesmas). Nas fotos, feitas na hora do curativo já três dias depois, já se nota o aspecto melhor, pois a bicheira já havia sido limpa, sendo retiradas as larvas e o tecido necrosado, e o cão já estava medicado. Amanhã (18/08) ele deve ser liberado, e então, é só pagar a conta :(


Na quarta feira (11/08) tivemos a triste missão de sacrificar uma cadela, também de uma pessoa sem a menor condição. Até por isso a cadela chegou a um estado deplorável, com vários tumores de mama. Alguns dos tumores, do tamanho de uma laranja, tinham rompido a pele e o aspecto estava horrível, e a pobrezinha tinham um cheiro horrível. Ela já estava com as patas traseiras bem inchadas e com vários hematomas, estava sem andar e desde a véspera se recusava a comer ou beber.
Este atendimento fizemos na casa da pessoa, sem necessidade de despesas adicionais com clínica, mas o custo do medicamento é alto, fora a gasolina para ir e voltar ..... enfim, quem puder ajudar também neste caso ..........

O resto da semana estava passando sem grandes acontecimentos. Até que no sábado (14/08), em minha própria casa, a Olegária (a nossa Lê-lê) e a Jade (a que ninguem conhece a raça) tiveram um desentendimento. O resultado foi uma ida emergencial à clínica com a Lê-lê que tinha uma perfuração grande no pescoço, duas menores na coxa, e outra nas costas. E podemos ficar aliviados com a "pouca" gravidade dos ferimentos pois estávamos em casa, e pudemos apartar logo. E, só para não sair da rotina, resultado do atendimento : R$ 75,00, fora a medicação que tivemos que comprar para dar em casa (antibiótico e anti inflamatório, e material para curativo).

Enfim, estamos precisando muito de sua ajuda.

Não esqueçam de que qualquer valor é bem vindo, então não tenham a preocupação de não poderem ajudar com muito.
A conta para depósito é no Banco Bradesco,
Agencia 3442, conta corrente 6812-8.
Seremos eternamente gratos, e os animais também!

Nenhum comentário:

Postar um comentário