9 de ago de 2010

Resumo da semana de 01/08 à 08/08

Nesta semana tivemos bastante trabalho e pouca ajuda.
Apesar de falidos não conseguimos deixar de arranjar "problemas".


No sábado (31/07) fomos ver uma filhotinha que uma moça pobre tinha recolhido da rua. Fomos lá somente para consultar a bichinha e orientar a moça, mas .... a cadelinha estava doente, não sabemos ainda se hepatite ou leptospirose, pois ela está bem ictérica (amarelinha).
Conclusão .... tivemos que interná-la numa clínica aqui, e, é claro, às nossas expensas.
A mocinha recebeu o nome carinhoso de "Caixinha" pois chegou à clínica praticamente sem se mexer, dentro de uma caixinha. Tomou transfusão de sangue, e melhorou bastante, chegando, no dia seguinte, a "comer" o equipo do soro. Mas no decorrer da semana foi piorando, e na sexta nos deixou. Ainda não sabemos o total da conta.

Na quarta por volta das onze da noite, toca a campanhia aqui em casa. Era uma vizinha, empregada doméstica, que tem vários cães (6), pois também se compadece da situação deles nas ruas. Um deles tinha sido envenenado com chumbinho. Fiz o atendimento emergencial, mas o levei para a clínica, onde foi novamente medicado, colocado no soro e no oxigênio. Mas, mesmo assim, não resistiu, e na manhã de quinta feira, veio à óbito.
Conseguimos um preço camarada, mas visto, principalmente o oxigênio por horas a fio, esse preço ficou em R$ 127,00; fora a gasolina para ir e vir duas vezes da clínica, uma vez para o socorro, e a segunda vez, mais triste, para o enterro.
Fico doente como as pessoas podem ser covardes a ponto de envenenar um animal que não fez mal para ninguém!

Também na quarta me incumbi de tentar melhorar o estado de um gatinho com uma doença incurável (PIF). Trouxe ele para casa para tentar pelo menos alimentá-lo, mas não teve jeito, no sábado ele se foi, nos deixando muito tristes, pois com a história de alimentá-lo de hora em hora acabamos criando um grande vínculo com ele. Ele era um amor.

E há duas semanas estamos tratando de uma filhota sarnentinha que, provavelmente, daqui uns 30 ou 40 dias já estará boa da sarna, para então ser vacinada e castrada. Aí vamos começar a trabalhar na doação dela.

Só lembrando a todos que, mesmo não fosse todos estes "acidentes de percurso" temos uma despesa fixa só com alimentação dos que estão abrigados em minha casa de R$ 1.3000,00, que não temos de onde tirar, pois a minha renda não dá para isso. Fora vermifugação (3/3 meses), remédio contra pulgas e carrapatos (15/15 dias), vacinação (anual) e bujão de gás para queima do terrenos e instalações por causa de parasitos.

Faço parte de uma instituição sim, mas ela só funciona para conseguirmos preços melhores para tratamentos, cirurgias e castrações em algumas clínicas da cidade, pois a instituição, como todos nós, está falida. Então a "lei" agora é a seguinte: você pegou, você assume.
Enfim, a situação é muito ruim, então precisamos de toda a ajuda que pudermos obter.

Lembrando também que fazemos venda de camisetas e adesivos, como forma de angariar fundos para nos ajudar a cuidar dessa turminha.
Conto com vocês.

Nenhum comentário:

Postar um comentário