23 de jan de 2011

tentando ressurgir de novo :)

Estive ontem em Teresópolis, no galpão da Ong Estimação.

Fui com um grupo daqui, levando várias doações. Foram 4:30 horas para ir e 4:00 horas para voltar, então não pude ficar muito tempo por lá.
E devo dizer que é impressionante o trabalho que estão fazendo lá.
Estão conseguindo, na medida do possível, administrar a situação caótica dessa tragédia.














Os cães estão sendo tratados, recebendo ração, medicamentos, carinho, passeios e brinquedos.



Mas, é claro, precisam sair de lá. Não só para abrir espaço para muitos outros que ainda precisam ser resgatados, mas também porque estão num espaço pequeno, ou em canis improvisados ou em cercados, não sendo raras as brigas. Eu mesma, no pouco tempo que fiquei por lá presenciei duas brigas. As correntes se entrelaçam, o calor é demais, o estresse é grande.

Fiquei bastante satisfeita pois as doações dos animais, apesar da grande necessidade de doar, não estão sendo feitas de qualquer jeito. Eles tem critério para doar, e fazem uma ficha das pessoas. Enfim, as pessoas que estão lá estão fazendo um excelente trabalho.

Eu acabei trazendo uma pequena para cá. Sei que tirar apenas uma de lá não não é uma grande ajuda, mas era o que eu podia fazer, até porque estava de carona com outras pessoas, tinha uma viagem grande pela frente, e estou falida .

Escolhi uma cadelinha pequena, de pelo arrepiado, já adulta, com muita anemia. Suspeito da "doença do carrapato", amanhã farei hemograma para ver o estado real dela.


De qualquer forma ela precisará de medicação, boa ração, vacina, castração, etc.

Vou tentar "correr o chapéu" por aqui.



Enfim, não vamos deixar o assunto morrer, muitos ainda precisam de nossa ajuda .



Um abraço a todos



Neísa

Nenhum comentário:

Postar um comentário